segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

CAÇADA

Pancada da cancela, um descuido!...
Passarinho voa em busca da árvore.
Menino esperto com estilingue.

Sob o azul do céu e as alvas nuvens flutuantes,
no imenso dia do chão ensolarado,
bate-se o passarinho desarrumado.

2 comentários:

Nydia Bonetti disse...

Eu torço sempre para o passarinho. Pobrezinho... :) Me fez lembrar cenas da minha infância, Roberto. Já estava com saudades da tua poesia. Boa semana, abraço!

costacarvalho disse...

Realmente, coisa de minha infância. Todavia, sempre fui um fracasso com o estilingue (rs).
O menino esperto, na verdade, era Situ, de quem nunca mais tive notícia (rss).