terça-feira, 8 de junho de 2010

TROCA DE INQUILINO

Quando os olhos se fecharam
e nunca mais se abriram...
Sob a mansidão do intenso luar,
nuvens brancas se enegreceram.

Em corpo frio e rígido,
encerraram-se as luzes,
fecharam-se as janelas
e as portas definitivas.

...

Pintura nova nas paredes,
verniz fresco deixado no chão,
renovado o ar respirado.

Dentro das antigüidades,
outras portas, outras janelas,
novo corpo decisivo.

Um comentário:

Nydia Bonetti disse...

atrás de portas e janelas que se fecham - outras portas, outras janelas que se abrem a outros céus... sabemos tão pouco. abraço.